top of page

Obesidade e diabetes: conheça a relação entre estas doenças

A obesidade e o diabetes já foram considerados características comuns a idosos, mas este quadro tem mudado nos últimos anos. Isso acontece porque estas doenças estão cada vez mais presentes em pacientes de outras faixas etárias, como adultos, adolescentes e crianças. No entanto, os pacientes que mais sofrem com estas doenças ainda possuem entre 40 e 70 anos de idade.

Parte disso está relacionada ao declínio na qualidade da alimentação, ingestão de bebidas e alimentos de alto teor calórico. Os alimentos estão sendo gradativamente substituídos por produtos industrializados e compostos por substâncias artificiais.




Quais são os fatores de risco da obesidade e do diabetes?

A obesidade está relacionada a uma combinação de fatores como genética, estilo de vida sedentário, alimentação irregular e problemas hormonais. O uso de determinados medicamentos e substâncias químicas também podem influenciar, assim como problemas para dormir e parar de fumar.


Em relação à diabetes, as condições que aumentam o risco são a própria obesidade, histórico familiar, sedentarismo e baixos níveis de colesterol HDL. Hipertensão, consumo elevado de bebidas alcoólicas e idade acima de 45 anos também são fatores de risco.


Quais são as possíveis complicações causadas pela obesidade e pelo diabetes?

A obesidade é um fator de risco para doenças graves, como as coronarianas e as circulatórias. Sendo assim, o excesso de peso pode aumentar as chances de sofrer infarto, isquemias, anginas, acidente vascular cerebral (AVC) e arritmias cardíacas. A obesidade vai além das questões estéticas e pode provocar depressão, hipotireoidismo e problemas respiratórios.

O diabetes, por sua vez, pode provocar problemas renais ou cardiovasculares, infarto, derrames, cegueira e amputações. A falta ou a demora na obtenção de um diagnóstico correto aumenta as chances de desenvolver complicações. Podem ocorrer danos ao cérebro, nervos, artérias e coração.

Sendo assim, esta combinação faz com que as chances de desenvolver doenças vasculares e insuficiência arterial aumentem.


Como tratar estas doenças?


O diabetes é uma doença crônica, ou seja, não possui cura e requer tratamento durante toda a vida. Para conhecer o tratamento ideal para seu organismo, é preciso buscar aconselhamento médico especializado. O profissional poderá solicitar a realização de exames que indicarão o tratamento mais adequado ao seu caso.


Os medicamentos farão parte da rotina do paciente e devem ser combinados a hábitos saudáveis. Sendo assim, é recomendado adotar uma alimentação balanceada, rica em frutas, legumes e vegetais. Além disso, é preciso praticar exercícios físicos de forma regular, evitar fumar e ingerir bebidas alcoólicas.


Além de reduzir os efeitos danosos da obesidade, o emagrecimento também pode ser benéfico aos pacientes diabéticos. Isso acontece porque a redução da gordura corporal melhora a sensibilidade à insulina, além de permitir o controle da glicemia e da pressão arterial. Combater a obesidade fica mais fácil quando familiares e amigos participam do processo, seja incentivando ou praticando atividades em conjunto.


Manter o diabetes e a obesidade sobre controle melhora a qualidade de vida e o bem-estar do paciente. Esta também é uma medida importante para evitar consequências graves relacionadas à obesidade e ao diabetes.


Referências:

http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0066-782X2002000600012&script=sci_arttext&tlng=es

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302002000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=pt

AMERICAN DIABETES ASSOCIATION. Low - Calorie Sweeteners. Disponível em: <http://www.diabetes.org/food-and-fitness/food/what-can-i-eat/understanding-carbohydrates/artificial-sweeteners/>.

Obesity and overweight Fact sheet N°311. WHO. Janeiro de 2015. Consultado em 2 de fevereiro de 2016

Haslam DW, James WP (2005). «Obesity». Lancet (Review). 366 (9492): 1197–209. PMID 16198769. doi:10.1016/S0140-6736(05)67483-1




0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Posso ajudar?

bottom of page